São Francisquinho Xavier

Padroeiro:

Das missões e dos missionários.

História:

Francisco Xavier nasce perto de Pamplona, Espanha, em 7 de Abril de 1506. O quinto filho de D. João de Jassu e de Dona Maria de Azpilcueta e Xavier, aos 19 anos está em Paris, instalado no Colégio de Santa Bárbara, onde se forma em humanas, filosofia e teologia.

Lá ele conhece Inácio de Loyola, que viria a ser fundador da Companhia de Jesus e tornando-se seu amigo e seguidor.

Em 1534, na Capela de Montmartre, faz votos de pobreza e castidade perpétua. Recebe as Ordens Sacras em Veneza em 1537, seguindo depois para Roma onde se põe à disposição do Papa para o serviço da Igreja. Em 1540 parte de Roma com destino a Lisboa, onde chega três meses depois.

Enviado pelo Papa Paulo III, era a resposta de Roma aos apelos veementes do Rei de Portugal, D. João III, preocupado com a evangelização da Índia e a dilatação da Fé no Oriente.

Em Lisboa, o Pe. Francisco Xavier refugia-se no Hospital de Todos-os-Santos onde se dedica aos enfermos e ao ensino cristão. Em pouco tempo ganha a percepção do universalismo dos portugueses e de Lisboa vai para a armada das índias, para ser Apóstolo e Santo. Antes da partida, o Rei D. João III entrega-lhe o Breve Papal nomeando-o Núncio Apostólico nas Partes da índia, com amplos poderes para estabelecer e manter a Fé em todo o Oriente.

Ao chegar na Índia, rapidamente percebe uma vida religiosa local muito precária, e carente de assistência. Os dez anos seguintes até à sua morte, vai vivê-los de forma febril, andando por terra e por mar, sem nunca parar, espalhando a palavra Divina, e levando a Boa Nova.

Em 1543, o Padre Francisco Xavier é nomeado Superior de toda a Missão da Índia Oriental, desde o Cabo da Boa Esperança até à China.

Durante suas longas viagens de peregrinação, ele adoece gravemente, sofrendo vertigens e convulsões, minado por febres devoradoras, cheio de privações. Morre só e pobre na noite de 3 de dezembro de 1552. Havia percorrido milhares de quilômetros, cruzado várias vezes os mares do Índico e do Pacífico, visitado mais de cinco dezenas de reinos, fundado Igrejas, reorganizado as missões.

Em 17 de fevereiro de 1553 o seu corpo é removido e levado para Goa, onde é recebido numa impressionante manifestação de fé por todos.

Oração:

O Deus eterno, autor de todas as coisas, lembrai-vos das almas dos infiéis, formadas por Vós a vossa imagem e semelhança: vede Senhor, que, em opróbrio vosso, deles se vai enchendo o inferno. Lembrai-vos de que vosso Filho Jesus por sua salvação padeceu uma atrocíssima morte. Não Permitais Senhor, daqui em diante, que o vosso Filho seja desprezado pelos infiéis; mas pelo contrário, deixando-se aplacar pelas preces dos santos e da Igreja, Esposa do vosso santíssimo Filho, e esquecendo a sua idolatria e infidelidade, fazei que eles também venham a conhecer aquele que enviastes, Jesus Cristo Nosso senhor, que é a salvação, vida e ressurreição nossa, por quem fomos salvos e livres, ao qual seja dada glória por infinitos séculos.

Amém

Mensagem:

Share Button