Santinho Inácio de Loyola

Padroeiro:

Dos exercícios espirituais e retiros.

História:

Inácio López nasceu no castelo de Loyola em 1491, e foi o caçula de D. Beltrán de Loyola e Maria Sonnez, que tiveram ao todo 13 filhos. Foi enviado aos 16 anos para o palácio de Juan Velásquez de Cuellar, contador dos Reis Fernando e Isabel, que eram católicos.

O jovem Inácio era tão dotado no intelecto quanto na saúde física, e por isso dedicou-se aos exercícios das armas, procurando assim a carreira militar. Onde até os vinte e seis anos foi um homem dado às vaidades do mundo, e principalmente se deleitava no exercício das armas e no desejo de ganhar honra.

Chegou a participar de batalhas como a de Pamplona, batalha esta em que convenceu seus companheiros a lutarem até o fim, mesmo sabendo que seus adversários eram desproporcionalmente mais fortes. Nesta ocasião, a bala de uma bombarda atingiu-lhe a perna, quebrando-a toda e chegando a atingir também a outra. Seus companheiros desistiram da luta e se renderam. Ele, por sua vez iniciou o sofrimento para se recuperar mas vendo que os ossos estavam se recuperando de maneira defeituosa, foi preciso quebrar de novo a perna, a sangue frio, fato que o levou a sofrer diversas torturas em busca da cura, até chegar às portas da morte e receber os últimos sacramentos. Por intercessão de São Pedro, seu santo de devoção, Inácio começou a melhorar.

Neste período se deu sua conversão, através da dor e da meditação em livros cristãos, levando-o a ter pensamentos de ir para a Terra Santa para ter uma vida de oração, penitência e contemplação da Paixão de Jesus.

Largou sua espada em Montserrat, aos pés da Virgem Maria. Não lhe permitiram, porém, ficar em Jerusalém, e Inácio voltou a Barcelona para estudar e se tornar sacerdote. Em seguida foi denunciado a Inquisição e preso, por reunir discípulos, até que sua inocência foi reconhecida. Com isso, foi a Paris, onde encontrou seus seis primeiros discípulos e fundou a Companhia de Jesus. Entre eles estava São Francisco Xavier.

Foram à Roma colocar-se à disposição do Sumo Pontífice. Depois tiveram papel importante na contra-reforma indo em missões para diversas terras e catequisando a quem encontravam. Ficaram popularmente conhecidos como os “jesuítas”.

O papel dos jesuítas também foi essencial no Concílio de Trento, bem como nas fundações de colégios e universidades por onde haviam sido enviados em missão. Em muitos locais, eles foram também os responsáveis pela alfabetização do povo, como foi o caso aqui do Brasil.

Santo Inácio foi venerado como santo ainda em vida, devido ao seu amor e cuidados com seus filhos espirituais. Tinha profunda vida de oração e passava muito tempo em recolhimento. Tinha repetidas visões a respeito de Deus e da Companhia de Jesus. Morreu em Roma, no dia 31 de julho de 1556.

Oração:

Alma de Cristo, santificai-me.
Corpo de Cristo, salvai-me.
Sangue de Cristo, inebriai-me.
Água do lado de Cristo, lavai-me.
Paixão de Cristo, confortai-me.
Ó bom Jesus, ouvi-me.
Dentro das vossas chagas, escondei-me.
Não permitais que de Vós me separe.
Do espírito maligno, defendei-me.
Na hora da minha morte, chamai-me.
E mandai-me ir para Vós,
para que vos louve com os vossos Santos,
por todos os séculos.

Amém

Mensagem:

Share Button