Santinho Eduardo

Padroeiro:

Dos separados e dos casamentos difíceis.

História:

Filho do rei Etelfredo II, Eduardo III nasceu em 1003.

Em 1013, com 10 anos, foi exilado na Normandia, juntamente com sua mãe, quando inimigos invadiram a Inglaterra. No exílio, o jovem Eduardo continuou a ser educado na fé cristã por sua mãe. Os dois viveram ali durante 29 anos, até à morte do falso rei Hardicanute. Então, Eduardo foi aclamado rei da Inglaterra, aos 39 anos.

Nessa época, a Inglaterra vinha sofrendo grandes tribulações há anos, então ele estabeleceu o diálogo e conseguiu promover a paz entre os inimigos. Além disso, Eduardo aboliu várias leis opressoras e injustas e instaurou um governo que promoveu a paz e a prosperidade na Inglaterra.

Com a intenção de firmar a paz definitivamente, o rei Eduardo casou-se com Edite Golwin, filha de seu adversário político mais difícil, chamado Barão de Golwin. O Barão, por sua vez, como sogro do rei, achou-se na condição de governar o país e começou a fazer armações políticas neste sentido. Quando o rei Eduardo percebeu que suas conquistas corriam o risco de serem perdidas, exilou o sogro e colocou a esposa num convento. Ao ver que o país voltara ao rumo certo, voltou a conviver com sua esposa, por quem era apaixonado.

O rei Eduardo era homem de desapegado dos bens materiais, oração, meditação da palavra e ascese espiritual. Vendo realizado seu sonho de governar seu país no rumo da paz e da prosperidade, Eduardo sentia-se grato a Deus. Por isso, decidiu restaurar a grandiosa Abadia de Westminster.

Certa vez, quando voltava de uma missa, um pobre aproximou-se dele para pedir esmola. Eduardo viu que este pobre representava um grupo de necessitados que estavam ali sofrendo. Então, ele deu a eles seu precioso anel de rei. Os pobres tiveram suas vidas transformadas por causa disso.

Santo Eduardo faleceu no dia 5 de janeiro, após cumprir um reinado memorável para a Inglaterra. Cinquenta anos após sua morte, decidiram trasladar seus restos mortais dentro da Abadia e descobriram que seu corpo estava intacto. Assim, ele foi trasladado com toda a solenidade para a igreja principal da Abadia de Westminster. Isso aconteceu um ano após ele ter sido canonizado, em 1162.

Oração:

Bendito sejais Deus, que concedestes ao rei Eduardo da Inglaterra a graça da santidade. Dai também a nós, o espírito de tranquilidade e amor por vós. Concedei-nos hoje e sempre a firmeza da fé.

Amém

Mensagem:

Share Button