Santinha Catarina de Labouré

Padroeiro:

Arquitetos, mineiros e prisioneiros.

História:

Catarina de Labouré nasceu em Borgonha, na França, em 1806. Quando tinha nove anos sua mãe morreu, e Catarina, a pedido de seu pai, passou a cuidar de dois de seus irmãos.

Sentiu uma forte vocação religiosa, entrou para as Congregação das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo. Era extremamente devota, um tanto romântica, e tinha visões e intuições místicas. Foi através de um sonho que teve com São Vicente que ela escolheu a Ordem em que entrou.

Durante uma noite em 18 de julho de 1830, Catarina acordou depois de ouvir a voz de uma criança que dizia: “Irmã, todo mundo está dormindo, vem à capela, a Virgem Maria a espera.”

Acreditando na voz, Catarina segue a voz, e chegando à capela, a Santíssima Virgem apareceu ao lado do altar, de pé, com o semblante de uma senhora de beleza indizível; de veste branca, manto azul, com as mãos elevadas até à cintura, e sustentando um globo. A Senhora era toda rodeada de tal esplendor que era impossível fixá-la. O rosto radiante de claridade celestial conservava os olhos elevados ao céu, como para oferecer o globo a Deus. A Santíssima Virgem disse: “Eis o símbolo das graças que derramo sobre todas as pessoas que mais pedem”.

Nossa Senhora apareceu por três vezes a Santa Catarina Labouré. Na terceira aparição, Nossa Senhora insiste nos mesmos pedidos e apresenta um modelo da medalha de Nossa Senhora das Graças. Ao final desta aparição, Nossa Senhora diz: “Minha filha, doravante não me tornarás a ver, mas hás-de ouvir a minha voz em tuas orações”.

Somente no fim do ano de 1832, a medalha que Nossa Senhora pediu foi cunhada e espalhada aos milhões por todo o mundo.

Depois de sua morte, seu corpo foi exumado em 1933, sendo encontrado incorrupto, e hoje é exposto à veneração na capela de sua Ordem, a mesma onde aconteceram as visões, em Paris.

Oração:

“O Perigo será grande, tudo parecerá perdido, mas eu estarei convosco; tende confiança.”

Ó Santa Catarina Labouré, que ouvistes dos lábios da Virgem Imaculada estas consoladoras palavras, alcançai-me de Deus, através de Maria a graça de…

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós.

Santa Catarina Laubouré, rogai por nós!

Amém

Mensagem:

Share Button